fbpx
O maior canal de informação do setor

Diretor da Anvisa será ouvido nesta terça na CPI da Covid no Senado

211

O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres será ouvido nesta terça-feira (11), a partir das 10h, na CPI da Covid, que investiga possíveis omissões do governo Bolsonaro e desvio de verbas de estados e municípios no enfrentamento à pandemia de covid-19. Ele deveria ter falado na semana passada, na quinta, mas teve depoimento adiado depois do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ter se prolongado em sua oitiva.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Barra Torres deve ser questionado em relação à aprovação das vacinas, que é responsabilidade da Anvisa, o que fez a agência ser alvo de ações no STF (Supremo Tribunal Federal) e pressão de governadores pela reprovação da vacina da Sputnik V, da Rússia. A Anvisa também tem o dever de avaliar a segurança e eficácia de possíveis medicamentos contra a covid-19, o que também pode ser lembrado pelos senadores.

A questão das vacinas foi tema central dos requerimentos dos senadores para a convocação do militar. O primeiro deles, do senador Angelo Coronel (PSD-BA), relembra o fato de a Anvisa ter negado autorização à vacina Sputnik V.

Os outros três requerimentos foram apresentados pelos senadores Eduardo Girão (Podemos-CE), Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Pandemia, e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI.

Na quarta-feira (12), o ex-secretário especial de Comunicação do governo, Fábio Wajngarten, prestará esclarecimentos aos senadores. Ele foi convocado depois de afirmar em entrevista à revista Veja que a gestão do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi incompetente na negociação de vacinas da Pfizer, oferecidas ao governo desde o ano passado.

Fonte: Folha Vitória

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação