fbpx

Lucro da Blau atinge recorde de R$ 112 milhões

Lucro da Blau

O lucro da Blau, focada na produção de medicamentos de alta complexidade para o segmento institucional, atingiu o patamar recorde de R$ 112 milhões no segundo trimestre – considerando os resultados líquidos.

A receita no período chegou a R$ 365 milhões. Na Unidade de biológicos, a expansão de faturamento reflete o melhor desempenho de vendas de imunoglobulina, que ainda não retornou aos níveis pré-pandemia, mas já apresentou forte crescimento em relação ao primeiro trimestre deste ano.

Outro fator determinante para o resultado envolveu o Botulim, dermocosmético que apresentou expansão de cerca de 200% em relação ao mesmo período do ano passado, em função da retomada da demanda por procedimentos estéticos.

“No trimestre, registramos ainda faturamento recorde da operação internacional, que compreende as exportações para Argentina, Colômbia, Chile, Equador, Peru e Uruguai, com expansão de receita em 34% em dólar “, afirma Marcelo Hahn, CEO da Blau Farmacêutica.

Lucro da Blau impulsionado por lançamentos

Os fortes investimentos realizados no Blau Inventta se refletem no pipeline robusto da Companhia. “No período, lançamos quatro produtos — ampicilina + subctam no Uruguai, e no Brasil, letrozol, polimixina B, além do Noxx, produto biológico produzido pela via da comparabilidade (biossimilar) que é uma nova apresentação da enoxaparina — anticoagulante — e possui mais de R$ 930 milhões de mercado endereçável”, destaca Hahn.

Ainda no trimestre, a Blau Farmacêutica submeteu nove pedidos de registros de medicamentos, sendo cinco no Brasil, três no Uruguai e um no Peru, e obteve o registro de 15 medicamentos na América Latina (seis no Paraguai, quatro no Brasil, três no Peru, um no Chile e um na República Dominicana). Além disso, investiu cerca de R$ 19 milhões em pesquisa e desenvolvimento, representando 5% da receita líquida do período.

Novo endereço e obras de ampliação

Em setembro, a Blau Farmacêutica irá inaugurar o seu novo escritório em São Paulo e o espaço hoje utilizado pelo time corporativo, em sua sede operacional, em Cotia, abrigará a segunda expansão do Blau Inventta. A ampliação permitirá acelerar o desenvolvimento de novos produtos, com aumento da capacidade em cerca de 65%, passando de 60 para 100 projetos simultâneos.

As obras de ampliação das quatro plantas da Blau seguem conforme o cronograma. “A nossa nova planta focada em especialidades já está em processo de qualificação e validação. Neste terceiro trimestre, iniciaremos a produção dos lotes-piloto e o processo de certificação da Anvisa, com início de operação previsto para o fim do ano”, afirma Hahn.

Já a P400, planta focada na produção de IFAs (Insumo Farmacêutico Ativo), também está em fase de validação e qualificação, com expectativa de que a inspeção da Anvisa ocorra até o primeiro trimestre de 2023. Atualmente, toda a alfaepoetina vendida para o mercado externo já utiliza o IFA produzido pela Blau.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra