Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

UE investiga AliExpress por venda de medicamentos falsificados

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Medicamentos falsificados
Foto: Depositphotos

A União Europeia (UE) abriu nesta segunda-feira, dia 6, uma investigação contra o AliExpress pela suspeita de venda de medicamentos falsificados e produtos ilegais. As informações são da AFP/ O Dia.

A Comissão Europeia informou que enviou um pedido legal por mais informações à AliExpress, filial do gigante chinês Alibaba, para proteger os consumidores, em conformidade com a nova Legislação Europeia de Serviços Digitais (DSA, na sigla em inglês) que entrou em vigor em agosto.

O executivo europeu afirmou querer saber como a empresa “vai cumprir as obrigações relacionadas com as avaliações de risco e as medidas de mitigação para proteger os consumidores online, em particular no que diz respeito à difusão de produtos ilegais online, como medicamentos falsos”. A varejista de comércio online tem até 27 de novembro para responder à solicitação.

Medida visa garantir a retirada de medicamentos falsificados do mercado

Thierry Breton, comissário europeu para o Mercado Interno, ressaltou que a DSA também tem como objetivo “garantir a retirada de produtos ilegais, ou inseguros, vendidos na UE por meio de plataformas de comércio eletrônico, incluindo o número crescente de medicamentos e produtos farmacêuticos falsos e potencialmente perigosos”.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) advertiu, na semana passada, que circulam nos países do bloco injeções falsas de Ozempic, medicamento da Novo Nordisk para diabetes que se tornou muito popular para a perda de peso.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress