Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Pesquisa ressalta peso de testes rápidos para serviços farmacêuticos

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Pesquisa ressalta peso de testes rápidos para serviços farmacêuticos

A pandemia evidenciou o papel das farmácias como hub de serviços farmacêuticos e atenção primária. E uma pesquisa inédita evidencia o peso dos testes rápidos para a disseminação desse conceito no Brasil, muito além dos exames para a Covid-19.

A plataforma Clinicarx ranqueou os serviços farmacêuticos que mais se destacaram no Brasil nos primeiros seis meses de 2022 e revelou que o maior aumento na demanda envolveu exames de detecção da dengue e chikungunya.

Dengue no radar dos brasileiros
Crescimento da busca pelo teste rápido desde janeiro/2022

Dengue anticorpos e Antígeno NS1 – 1.039,30%
Dengue anticorpos – 267%
Maior prevalência nas regiões Centro-Oeste e Norte 

Chikungunya
Crescimento da busca pelo teste rápido desde janeiro – 1291,67%
Maior prevalência na Região Nordeste

“É muito importante que o gestor da farmácia observe as tendências em serviços farmacêuticos no pós-pandemia, para enxergar as oportunidades de negócio de acordo com o avanço do mercado farmacêutico”, avalia Cassyano Correr, CEO da Clinicarx.

Serviços farmacêuticos mais demandados

De acordo com o estudo, a tendência é que os pacientes comecem a buscar por outros tipos de serviços farmacêuticos, além daqueles relacionados à Covid-19. Isso acontecerá à medida que estabilizar a curva de casos de coronavírus.

Um exemplo é o teste Beta HCG, que registrou aumento nas requisições nos últimos seis meses. “Os testes de perfil lipídico e hemoglobina glicada também são serviços clínicos relevantes e podem ser uma fonte de receita para a farmácia. Ambos atingiram crescimento de 60% e 28% de maio a junho”, ressalta Correr.

Serviços farmacêuticos não-Covid-19 (% relativo ao total de serviços)

Serviços farmacêuticos Jan Fev Mar Abr Mai Jun
Influenza A/B antígeno 54,39% 15,08% 3,84% 1,24% 1,44% 4,01%
Glicemia quantitativo 0,03% 1,38% 2,86% 2,87% 2,10% 4,01%
Perfil lipídico quantitativo 4,78% 11,39% 12,86% 8,99% 11,73% 13,53%
Chicungunya anticorpos 0,41% 0,72% 0,71% 1,05% 2,61% 6,38%
Beta-HCG 28,13% 58,20% 59,27% 3,95% 31,24% 40,13%
Denque anticorpos 0,03% 0,06% 0,05% 1,78% 2,85% 5,39%
Dengue anticorpos

e Antígeno NS1

11,80% 13,17% 20,59% 41,36% 48,02% 26,55%

 

Procura por testes rápidos por região

As regiões com maiores porcentagens de realização de testes rápidos são as que concentram redes de farmácias que mais investem em serviços farmacêuticos e na operação de salas clínicas de assistência. Os dados a seguir mostram a participação de cada região no total de atendimentos registrados com a Clinicarx e os serviços com maior crescimento por região.

  • Norte – 3,30%

1º Covid-19 antígeno: 271,52%
2º Covid/ Influenza AG: 291,80%

  • Nordeste – 19,80%

1º Covid-19 antígeno: 417%
2º Covid/ Influenza AG: 493,40%
3º Chikungunya anticorpos: 78,75%

  • Centro-Oeste – 4,63%

1º Covid-19 antígeno: 179,63%
2º Covid/ Influenza AG: 409,15%
3º Dengue antígeno NS1: 55,77%

  • Sudeste – 40,93%

Covid19 antígeno: 65,14%

  • Sul – 31,21%

Covid/ Influenza AG: 7,05%

Testes de Covid ainda em evidência

O levantamento também mostra que os eixos Sudeste, Sul e Centro-Oeste concentraram as maiores taxas de incidência de Covid-19 no país durante o primeiro semestre. “A recorrência dos testes aumentou na mesma proporção, mas é preciso ponderar que são regiões que destinam mais investimentos a plataformas digitais de serviços farmacêuticos”, contextualiza Correr.

Aumento na busca por testes rápidos

  • Mais de 4 milhões de testes realizados no Brasil, incluindo Covid-19
  • O crescimento na busca por testes rápidos na farmácia foi de 108,3%
  • Mais de 5,6 milhões de atendimentos realizados (todos os serviços)

Taxa de incidência de Covid-19 no Brasil

Taxa de incidência de Covid-19 no Brasil

Teste de covid-19 mais procurado
Antígeno – 90,70%
Covid/Influenza – 7,65%
Covid-19 anticorpos – 1,66%

Distribuição dos testes de Covid-19 no
1º semestre (% sobre o total de testes)

Serviços farmacêuticos Jan Fev Mar Abr Mai Jun
Covid-19 Antígeno 90,09% 91,46% 94,82% 94,16% 89,79% 89,63%
Covid/Flu (Influenza + Ag) 7,51% 6,45% 4,23% 5,46% 10,05% 10,01%
Covid-19 Anticorpos IgG/IgM 2,40% 2,09% 0,95% 0,38% 0,16% 0,65%

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!