Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

As cinco farmacêuticas mais inovadoras do país 

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Farmacêuticas
Foto: Canva

A edição de 2023 do anuário Valor Inovação Brasil elencou as cinco indústrias farmacêuticas que mais investiram em pesquisa e desenvolvimento no Brasil. Aché Laboratórios, Eurofarma, Roche, Hypera Pharma e AbbVie somaram mais de R$ 1,8 bilhão investidos em suas áreas de pesquisa & desenvolvimento (P&D).

Top cinco farmacêuticas 

 

1 º- Aché

O Aché Laboratórios lidera, pelo segundo ano consecutivo, o ranking das farmacêuticas mais inovadoras do setor farmacêutico e de  ciências da vida elaborado pelo anuário Valor Inovação Brasil 2023.

A companhia aplicou R$ 276 milhões em inovação em 2022, 80% a mais do que no ano anterior. Foram lançados 20 novos produtos no mercado, dos quais cinco na recém-criada unidade Biosintética Prescrição. Para este ano, estão previstos R$ 330 milhões para serem gastos em inovação e o lançamento de 67 novos produtos.

Outros destaques são os investimentos em estrutura laboratorial. No ano passado, o Aché inaugurou o InnovaTech Lab, localizado em Guarulhos. O laboratório é destinado a pesquisas, protótipos e aplicação de novas tecnologias farmacêuticas, visando agregar benefícios a medicamentos já conhecidos, garantindo maior eficácia e redução de efeitos colaterais.

2º – Eurofarma

Na Eurofarma, a inovação sempre teve papel de destaque no planejamento dos orçamentos anuais da companhia. Em 2022, os investimentos da empresa em pesquisa e desenvolvimento superaram R$ 590 milhões, o equivalente a 7,4% da receita líquida da farmacêutica no período e 63% a mais do que foi investido no ano anterior.

Para 2023, a meta é superar os R$ 700 milhões em inovação. Um dos desafios da área de P&D é oferecer os primeiros genéricos de determinado medicamento no mercado, ampliar o portfólio exclusivo e avançar no desenvolvimento de produtos com algum grau de diferenciação, incluindo a descoberta de novas moléculas.

3º – Roche

A oftalmologia é uma das áreas que têm recebido maior atenção na Roche Farma Brasil, terceira colocada entre os destaques farmacêuticos do anuário Valor Inovação Brasil. Desde 2018, a empresa investiu R$ 33 milhões em estudos oftalmológicos, dos quais R$ 10 milhões apenas em 2022.

Foi a área cujos investimentos em P&D mais cresceram internamente. No total, considerando todas as áreas de atuação da farmacêutica, os investimentos em pesquisa clínica da Roche no Brasil foram mais de R$ 440 milhões em 2022, cerca de 30% a mais em relação ao ano anterior.

4º – Hypera Pharma

Na Hypera Pharma, os investimentos em P&D no ano passado somaram R$ 516 milhões, recorde da farmacêutica, que fechou o ano de 2022 com receita líquida de R$ 7,54 bilhões. Em 2023, a companhia espera lançar mais de 120 produtos, ou seja, 30% mais que no ano passado.

5º – Abbvie

Quinta colocada na classificação setorial das farmacêuticas, a equipe de P&D da AbbVie iniciou recentemente a primeira pesquisa científica da empresa em fase 1, ou seja, a primeira etapa de um estudo clínico para avaliar a eficácia e a segurança de um novo procedimento médico. Trata-se de um tratamento em fase de pesquisa para mielofibrose, um tipo de câncer hematológico.

Com foco em produtos para saúde ocular, imunologia, hematologia, neurociência e medicina estética (botox), a AbbVie, que possui unidades em 175 países, registrou no ano passado investimento global de US$ 7,1 bilhões em pesquisa e desenvolvimento, o equivalente a mais de 10% do faturamento líquido global consolidado da multinacional no período, que foi de US$ 58 bilhões.

 

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress