O maior canal de informação do setor

Cristália é multada em R$ 1,3 milhão por sobrepreço

754

Cristália é multada em R$ 1,3 milhão por sobrepreço

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) multou em R$ 1,3 milhão o Laboratório Cristália por vender medicamentos a preços superiores ao que estabelece uma resolução do governo. A punição foi publicada no Diário Oficial da União, segundo reportagem da revista Veja.

A companhia, do empresário Ogari de Castro Pacheco (DEM-TO), segundo suplente do líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). Com um patrimônio declarado de R$ 407 milhões, Pacheco doou R$ 1,5 milhão para a campanha de Eduardo Gomes nas eleições de 2018.

De acordo com a CMED, farmácias, drogarias, laboratórios, distribuidores e importadores não podem aplicar preços de medicamentos acima dos estabelecidos pelo órgão.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/04/11/seis-em-cada-dez-leitores-defendem-lockdown-nacional/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação