Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Causas e cuidados com a dor no ânus

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Dor no ânus

A dor no ânus pode ser bastante comum na vida de algumas pessoas. Na maioria das vezes ela é estimulada por hemorroidas, abcessos ou fissuras anais, podendo vir à tona como um sintoma de doenças inflamatórias intestinais ou infecções. Nos casos de infecção, grande parte é resultante de herpes, gonorreia ou clamídia.

Fezes com sangue, alterações do trânsito intestinal, inchaço e coceira são exemplos de sintomas para se atentar, tendo em vista que ajudam mais claramente na identificação da causa da dor no ânus.

Antes de descrever as causas e recomendar o que fazer para cuidar da dor no ânus, vale ressaltar que se a dor se prolongar por mais de 48 horas, vier juntamente de outros sintomas mais graves ou for mais intensa do que o normal é necessário consultar um médico proctologista. O profissional te ajudará na identificação da causa e no tratamento adequado da dor, que varia desde pomadas e remédios até cirurgia.

Causas da dor no ânus

Hemorroida

Uma pequena bolinha no ânus inflamada que causa desconforto ao sentar, caminhar, sangue nas fezes ou coceira. A hemorroida é uma das principais causadoras da dor anal, e é gerada normalmente pela prisão de ventre crônica, gravidez ou contato íntimo no ânus.

O tratamento das hemorroidas é realizado através de pomadas como Proctosan, Proctyl ou Traumeel, ou de banhos de assento. No caso de aumento nas dores ou permanência do problema por muito tempo é recomendada a orientação de um proctologista ou gastroenterologista, que avaliará a hemorroida e saberá o melhor a ser feito, podendo resultar em cirurgia.

Infecção

Herpes, HPV, clamídia, HIV e gonorreia são exemplos de infecções por microrganismos sexualmente transmissíveis que mais causam dor anal. A higiene inadequada e infecções por fungos também podem ser causadores. É recomendado visitar um médico para realizar o tratamento adequado conforme a causa da dor.

A utilização de antimicrobianos é a principal forma de tratar o problema nesse caso, mas também ressalta a diminuição do uso de papel higiênico de forma exagerada e o maior uso da duchinha.

Fissura anal

A dor no ânus pode ocorrer devido à uma pequena ferida na região que também resulta em sangue nas fezes. Pode surgir em meio a outros sintomas como coceira no ânus ou queimação ao urinar e evacuar.

Para cuidar da dor no caso de fissura anal pode ser recomendado o uso de pomadas anestésicas (lidocaína) e banho de assento. Porém, muitas vezes essa dor melhora apenas com o tempo, sem precisar de tratamentos.

Abcesso perianal

O abcesso perianal é uma infecção cutânea ou fruto de doença anorretal, como câncer retal, doença inflamatória no intestino ou cirurgia. Causa vermelhidão, dor e inchaço, podendo formar pus e febre alta.

O tratamento do abcesso é realizado com atendimento médico através da drenagem do pus. Também é receitado antibiótico, e em casos mais graves, é indicada até a internação, tendo possibilidades de realização de cirurgia para que não se forme uma fístula

Endometriose intestinal

Em casos de endometriose intestinal também pode ser identificada a dor no ânus, já que o desenvolvimento do tecido do útero no intestino resulta em muita dor durante o período de menstruação. Dor abdominal, náuseas, sangue nas fezes, vômitos, diarreia e dificuldade para evacuar são outros sintomas da endometriose intestinal.

Nesse caso, o médico mais recomendado a ser consultado é um ginecologista, e o quanto antes melhor. Dessa forma, o tratamento será feito antecipadamente e por meio de cirurgia, podendo curar momentâneos e futuros problemas.

Câncer anal

O câncer anal carrega sintomas como dor, hemorragia ou um nódulo palpável. Estudos afirmam que a doença nessa região é relacionada a infecções por HPV, podendo começar como uma simples verruga, evoluindo para uma ferida e se transformando no estágio maior, como o nódulo. Realizar exames de prevenção ginecológica é muito importante para manter as observações em dia.

Na presença de sintomas, um médico deve ser consultado para, posteriormente, realizar a identificação do câncer. Caso realmente seja, será indicado o melhor tratamento para a doença.

Doença inflamatória intestinal

Principalmente gerada pela colite ulcerativa e a doença de Crohn, a doença inflamatória intestinal também causa dor no ânus. O reto inflamado e vermelhidão são alguns sintomas que caracterizam a presença de tal. Dores abdominais, obstrução intestinal, diarreia com sangue e dor ao evacuar são também são sintomas.

Caso a diarreia com sangue seja identificada, um médico deve ser consultado. Esse é um bom ponto de partida para o diagnóstico da doença e descarte de outros problemas. O tratamento mais adequado será indicado, boa parte realizado por Prednisona, Mesalazina ou Sulfadiazina, podendo ser recomendada cirurgia.

Radioterapia

Quando a radioterapia é indicada para casos de câncer de reto pode ser provocada uma inflamação na região, gerando dor no ânus. Além disso, a dor ao evacuar é um sintoma presente nesse caso.

O tratamento da dor no ânus causada pela radioterapia é realizado pelo próprio oncologista condutor do caso, que avalia a mudança da dose ou a suspensão do tratamento. Varia de acordo com a gravidade e com os benefícios gerados pela radioterapia.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress